Thursday, June 7, 2007

Era uma vez uma ideia

Uma ideia que juntou gente que desenvolve bibliotecas escolares, em Lisboa, na Biblioteca Nacional, e no Porto, durante uma reunião da RBEP, em Maio de 2007, por iniciativa da Secção Documentação e Informação Escolar da BAD.
Professores, bibliotecários, técnicos profissionais BAD, animadores e auxiliares de acção educativa partilharam preocupações e experiências e surgiu a ideia de um documento que alertasse para a situação das bibliotecas escolares e, em particular, dos recursos e condições necessárias para que a Rede de Bibliotecas Escolares não apenas continuasse a crescer, mas se consolidasse com a qualidade que as escolas e as comunidades educativas exigem.
Todos concordaram que era preciso redigir esse documento e fazê-lo chegar à Direcção da BAD, ao Ministério da Educação e a todos os envolvidos e interessados, o quanto antes, atendendo ainda ao momento de reformas nas carreiras docentes e outras, nas Escolas e na Administração Pública.

1 comment:

lula said...

> Uma Campanha Nacional.
>
>> A Organização da Sociedade Civil de Interesse Público/ Núcleo de Estudo e Pesquisa Afro-Brasileiro de Juiz de Fora – NEPAB/ JF,Registro Civil de Pessoas Jurídicas Dra. Lucy de F. Hargreaves sob o nº. 5164 livro A / 7 fls 045 em 06 / 08 / 2005. foi instituído legalmente em 06 de Setembro de 2005 e Fundado em Março de 2002, nesta Cidade onde tem sede e seu foro, é uma Associação Civil e Científica de duração ilimitada, sem finalidade econômica, e tem por finalidade, promover o estudo, a pesquisa e a divulgação da história, geografia, promoção da ética, da paz, da cidadania, dos direitos humanos, da democracia e de outros valores universais; do desenvolvimento econômico, social e combate à pobreza.
>> Para efetivamente desenvolvermos o que pensamos, formulamos um Projeto de Formação da Biblioteca de Assuntos Afro-Brasileiros Lélia Gonzalez, (militante e intelectual do Movimento Negra brasileira já falecida) aberto a toda sociedade de Juiz de Fora, Estado de Minas Gerais e do Brasil.
>> As ações do Projeto deverão proporcionar aos participantes, pesquisadores, graduandos, pós-graduandos, militantes negros e demais interessados, oportunidades de aprofundar conhecimentos, experiências, comportamentos e situações de aprendizagem, com novas formas de construir e de entender as relações raciais, podendo ser protagonistas de uma historia de inclusão, da melhoria da qualidade de vida, das informações e mudanças que a realidade exige e que em pouco tempo poderá culminar numa nova sociedade cultural, política, econômica e religiosa.
>> Contamos atualmente com cerca de + 4000 mil livros, objetos de artes e outros matérias relacionados à questão afro-brasileira. A Formação da Biblioteca de Assuntos Afro-Brasileira Lélia Gonzalez, materializa uma conquista da Comunidade Negra de Juiz de fora no momento em que discutimos as Políticas públicas de ações afirmativas com o ingresso de estudantes negros (as) na Universidade Federal de Juiz de Fora e outras Universidades do país, através da modalidade de cotas étnicas, reafirmação do Prouni que garante vagas para alunos carentes nas Faculdades Particulares. O processo de inclusão torna-se oportuno para o País e com certeza proporcionará o crescimento econômico, cultural, político e religioso de toda a Sociedade Brasileira.
>> Para a consolidação desta iniciativa e a implantação deste valioso acervo e que importante para a verdadeira integração e formação de uma sociedade pluriétinica livre de racismo e discriminação, precisamos contar com sua cooperação solidária.(Doação).
>> Queremos a inclusão de toda a sociedade brasileira no processo democrático e aos negras e negros brasileiros o direito ao conhecimento de sua história e a sua valorização como indivíduos de etnia africana. Desde já colocamos a sua disposição
>>
>> Luis Sérgio da Silveira - Secretário Executivo do Núcleo de Estudo e Pesquisa Afro-Brasileiro e Biblioteca de Assuntos Afro-Brasileiros Lelia Gonzalez.
>>
>>
>> Rua: Pe. Café, número, 484, São Mateus – Juiz de Fora – Minas Gerais. Cep. 36016-450 -Caixa Postal: 1100 agencia central – 36001-970 – JF / MG –E-mail: dmalevisilveira@hotmail.com
>>
>>
>> Luís Sérgio da Silveira
>>